Geoambiente: Geologia e Engenharia Ambiental

Os 5Rs da Gestão Ambiental

Os 5Rs da Gestão Ambiental

 

Relembre as boas práticas 5R (Reduzir, Reciclar, Reutilizar, Recuperar e Reintegrar), e espalhe essa ideia!

Reduzir o consumo desnecessário (e consequente geração de lixo) é o passo inicial e a medida mais racional, que traduz a essência da luta contra o desperdício. Exemplos: Adotar prática do refil. Escolher produtos com menos embalagens ou embalagens econômicas, priorizando as retornáveis. Levar sacola para as compras e adquirir produtos a granel. Editar textos na tela do computador e, quando não for possível evitar a cópia ou a impressão, fazer frente e verso.

Reciclar materiais: devolver o material usado ao ciclo da produção, poupando todo o percurso dos insumos virgens, com enorme vantagens econômicas e ambientais. O processo de reciclagem reduz a pressão sobre os recursos naturais, economiza água, energia, gera trabalho e renda para milhares de pessoas, seja no mercado formal ou informal de trabalho. Por isso, a importância da coleta seletiva em casa ou condomínio. Cada item reciclado significa menos consumo de água, energia elétrica e matéria-prima, e desflorestamentos de uma forma geral.

Reutilizar e recuperar ao máximo antes de descartar os bens de consumo significa ampliar a vida útil dos produtos, aumentando sua durabilidade e reparabilidade ou concedendo-lhes nova personalidade ou uso, muito comum com as embalagens retornáveis, roupas e rascunhos. É possível inventar produtos artesanais e alternativos a partir da reutilização de embalagens de papel, vidro, plástico, metal, isopor e CDs. Utilizar os 2 lados do papel e montar blocos de papel-rascunho. Doar objetos que possam servir a outras pessoas.

Recuperar os materiais. As usinas de compostagem são unidades recuperadoras de matéria orgânica. Os catadores recuperam as sucatas antes delas virarem lixo.

Reintegrar o produto a natureza, ou seja, transformá-lo novamente em um recurso natural, por exemplo, compostagem de resíduos orgânicos para fazer húmus e adubo.  

A prática do 5R leva a repensar os hábitos de consumo e descarte e rever gastos e hábitos, estilo de vida e consumismo. Pensar na real necessidade da compra de determinado produto, antes de comprá-lo. Depois de consumir, praticar a coleta seletiva, separando embalagens, matéria orgânica e óleo de cozinha usado, por exemplo. Jogar no lixo apenas o que não for reutilizável ou reciclável. Evitar o desperdício de alimentos. Utilizar também produtos de limpeza biodegradáveis. Adquirir produtos recicláveis ou produzidos com matéria-prima reciclada (durável e resistente). Preferir embalagens de papel e papelão. Mudar hábitos de consumo e descarte. Desmistificar igualmente a ação de “jogar fora”, porque na maior parte dos casos, o “fora” não existe.